Sementes que promovem o desenvolvimento


 Soberanas

Entrevista com as soberanas

Soberanas

Rainha


Nathalia Ferreira de Mello

Nascida em 7 de setembro de 1998, a rainha da Fenamilho Internacional – 18ª edição, Nathalia Ferreira de Mello, tem 18 anos e é natural de Santo Ângelo. Seus pais são Roseli Ivanês Arend e Aurimar Ferreira de Mello. A rainha da Feira cursa o 4º semestre de Licenciatura em Matemática na URI Santo Ângelo e trabalha como monitora de alunos com deficiência em processo de inclusão no Colégio Cenecista Sepé Tiaraju.

O que a levou a participar do concurso para escolha das soberanas?

O que me levou a participar do concurso foi o desejo de ser soberana, o qual vem desde a infância quando participava da feira e observava a beleza e o encanto das soberanas. Hoje, entendo que a dimensão desse lugar vai além. É compromisso e responsabilidade em bem representar e divulgar não só o maior evento da cidade, mas também a cultura do povo missioneiro.

Quais suas expectativas para a 18ª edição da Fenamilho?

Não medirei esforços para honrar o título conquistado. Representarei e divulgarei a feira colaborando para que a 18ª edição da Fenamilho Internacional se reafirme como o grande evento que sempre foi em todos os aspectos, sejam eles agro econômicos, culturais ou gastronômicos. Também, trabalharei em prol da receptividade com todo o público que prestigiará o evento, tornando o evento mais acolhedor.

 


Princesa


Bianca das Chagas Caye

Bianca das Chagas Caye, princesa da Fenamilho Internacional – 18ª edição, nascida em 15 de maio de 1995, tem 21 anos e é formanda do curso de Educação Física Bacharelado da URI Santo Ângelo. Ela trabalha na academia Raia 3 como monitora de musculação, professora de natação infantil e professora de ginástica localizada e na Academia Life Fitness atua como professora de treinamento funcional. Natural da capital das Missões, seus pais são Valdemar Horn Caye e Elizabeth Pavão das Chagas.

O que a levou a participar do concurso para escolha das soberanas?

Além do total apoio e incentivo da minha família e amigos, o que também me motivou a participar de um concurso do âmbito deste é a chance de poder colaborar na realização do nosso maior evento, que é a Fenamilho Internacional e também, a partir da Feira, ser reconhecida como o símbolo, junto das demais soberanas, da beleza da mulher missioneira, podendo levar mais longe o nome da nossa cidade e a história que ela possui.

Quais suas expectativas para a 18ª edição da Fenamilho?

Junto da rainha Nathalia e da princesa Lauren, espero poder realizar um ótimo trabalho e divulgação. Que a Fenamilho Internacional – 18° edição seja um sucesso, assim como as edições anteriores, de forma que todos os visitantes sintam-se satisfeitos e os expositores orgulhosos de seu trabalho. 


Princesa


Lauren Voese Krüger

Nascida em 20 de outubro de 2017, a princesa da Fenamilho Internacional – 18ª edição, Lauren Voese Krüger, de 19 anos, cursa o 4° semestre de Engenharia Civil na URI Santo Ângelo. Natural da capital Missioneira, é filha de Olmar Krüger e Márcia Voese Krüger.

O que a levou a participar do concurso para escolha das soberanas?

O que me levou a participar do concurso foi a oportunidade de poder colaborar, junto com as demais soberanas, na divulgação e representação do nosso maior evento, sendo a imagem da beleza da mulher missioneira. Além de ser um sonho que carrego comigo desde pequena, que agora tenho a alegria de poder realizar.

Quais suas expectativas para a 18ª Edição da Fenamilho?

As minhas expectativas para a 18° edição da Fenamilho são as melhores possíveis. A Feira promete ser um grande sucesso, como em todas as outras edições, pois sempre estimulou o agronegócio e o empreendedorismo, sem deixar de proporcionar lazer e cultura aos seus visitantes. 

 

SOberanas 2