Sementes que promovem o desenvolvimento


5--Prestação de Contas da Fenamilho-foto fernando gomes

Hesse encerra gestão na FENAMILHO com dinheiro em caixa e dívidas quitadas

Segundo o balanço financeiro, saldo da feira é de mais R$ 200 mil e dívidas pagas e/ou negociadas pela presidência somam mais de R$ 1,1 milhão

Aclamado pelas entidades e instituições que integram a comissão central para conduzir as duas últimas edições da FENAMILHO Internacional, o vice-prefeito de Santo Ângelo, Bruno Hesse, apresentou o balanço com os números da 19ª feira, em cerimônia realizada no final da tarde de sexta-feira, 19, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), com saldo positivo em caixa.

Conforme os números divulgados pelo presidente, a FENAMILHO Internacional encerrou com saldo positivo de R$ 200.039,00, com R$ 1.115.037,91 de dívidas relativas às edições anteriores da feira pagas e/ou negociadas e investimentos de R$ 307.389,00 na infraestrutura do Parque de Exposições Siegfried Ritter. Hesse lembrou que a 18ª edição, organizada e realizada em pouco mais de cem dias, teve um lucro de mais de R$ 1 milhão e dívidas de R$ 500 mil foram quitadas pela gestão.

Num comparativo entre as duas edições houve redução nos valores da comercialização e de público visitante. Segundo o relatório, em 2017 foram comercializados em torno de 92 milhões e em 2019, R$ 65 milhões de negócios foram fechados e entabulados, e 93.594 mil pessoas passaram pelo Parque de Exposições nos nove dias da feira, enquanto 114 mil visitantes foram contabilizados em 2017.

Para o presidente das duas edições, a FENAMILHO Internacional segue consolidada como uma das maiores feiras do Estado, mesmo com o registro de queda de público e de vendas que, na avaliação de Bruno Hesse, é resultado da crise econômica instalada no país que faz com que os investidores adotem cautela no momento de empreender. “Se alguns números não se repetiram, temos que levar em conta a estagnação da economia, o desemprego crescente que assombra o cidadão brasileiro, aliado ao agro, que especialmente no preço de produtos como soja, milho e trigo, estavam com seus valores aviltados e muitos agricultores aguardando melhor preço para comercializar a sua produção”, declarou.

Na cerimônia Hesse também apresentou às autoridades, lideranças políticas e empresariais, as pesquisas de satisfação de expositores e visitantes, entabuladas pela URI Santo Ângelo e Faculdade CNEC Santo Ângelo.

MANIFESTAÇÕES

A presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Viviane Obadowski, destacou o trabalho realizado à frente da Comissão Social da 19ª Fenamilho. “É importante valorizar o trabalho dos 11 voluntários, que de forma muita dedicada encararam a árdua missão de divulgar a nossa feira e a nossa cidade, fazendo sempre o melhor”.

O prefeito Jacques Barbosa avaliou os números finais da feira apresentados por Hesse, como altamente satisfatórios. “A aprovação da FENAMILHO ficou entre 70% e 80% nas pesquisas realizadas pelas nossas instituições de ensino superior o que demonstra os acertos da Comissão Central. Bruno Hesse e sua equipe merecem o nosso reconhecimento, doaram seu tempo para organizar um evento desse porte, o que é uma missão muito difícil”. Jacques lembrou que a feira foi organizada num momento de extrema dificuldade para a captação de recursos através das leis de incentivo. “A Comissão Central conseguiu com muita criatividade superar esses percalços e ainda sanaram problemas antigos, como o débito com o ECAD, ofertando um resultado positivo”.

Sobre as próximas edições, o prefeito afirmou que é preciso repensar a estrutura do parque. Ele citou a energia elétrica como um setor que precisa de reforço, já que o consumo aumenta a cada edição. Além disso, Jacques acentuou que a legislação está cada vez mais rígida quanto ao Projeto de Proteção Contra Incêndio (PPCI) e é necessária a adequação. “Em outras áreas, como a de shows, também merecem estudos para que mudanças sejam feitas e possibilitem melhorias para o evento”.

HOMENAGEM

As soberanas da 19ª FENAMILHO Internacional, a Rainha Fabiane da Silva Koaski, e as princesas Daniele Lange e Thaís Lersch, e a coordenadora da Comissão Social, Viviane Obadowski, foram homenageadas com mimos pelo casal-presidente da feira, Bruno e Lígia Hesse, e pelo prefeito Jacques e primeira-dama Juliana Barbosa, como reconhecimento e o agradecimento da Comissão Central pela alegria, beleza e simpatia com as quais conduziram a missão de divulgar a feira e na recepção às autoridades, expositores e ao grande público presentes no Parque de Exposições Siegfried Ritter.

Os representantes da entidades de classe e instituições de ensino que formam a Comissão Central da FENAMILHO também foram homenageados com uma réplica do Monumento ao Milho.

Fotos: Fernando Gomes




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao Topo ↑