Sementes que promovem o desenvolvimento


1 - Comissão da Agricultura oficializou a programação para a 19ª FENAMILHO Internacional - Foto Divulgação

Comissão da Agricultura oficializa programação para a FENAMILHO Internacional

Feira será marcada por conferências técnicas, palestras de estímulo à cultura do milho, perspectivas de mercado e demanda da produção para a suinocultura

O presidente da Comissão Central, Bruno Hesse, e o coordenador da Comissão da Agricultura da FENAMILHO Internacional, Diomar Formenton, divulgaram a programação da 19ª edição que acontece de 27 de abril a 5 de maio, no Parque de Exposições Siegfried Ritter. A programação foi formatada pela comissão formada pela Secretaria Municipal da Agricultura, Emater, URI Santo Ângelo, IFFar, Cotrisa, Aprocohsa, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Vigilância Sanitária e Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural.

Focada no desenvolvimento do agronegócio e da agricultura familiar, a FENAMILHO terá como atrativo o Café Colonial Missioneiro, evento gastronômico que caiu no gosto da população local, de turistas e visitantes, servido diariamente no Pavilhão das Agroindústrias da Agricultura Familiar, espaço que também abrigará a comercialização da produção de hortifrutigranjeiros e agroindustrial de Santo Ângelo e região.

A exposição de pequenos animais continua em pavilhão próprio, com várias atrações.

A Expomilho terá área própria no Parque de Exposições Siegfried Ritter com a participação de quatro grandes empresas produtoras de sementes com alta tecnologia, apresentando diferentes cultivares do milho, com a parceria da URI e IFFar, campus de Santo Ângelo.

DIA DE CAMPO

Em área da Emater, em conjunto com as secretarias municipais da Agricultura e do Meio Ambiente, com apoio da iniciativa privada, será realizada a Mostra Tecnológica da Agricultura Familiar com o Dia de Campo, dia 29 de abril, às 9 horas.

Na área estarão instaladas seis estações: Silo e armazenagem de grãos na propriedade familiar; milho na rotação de cultivos e melhoramento do Solo; produção de moranguinho em semi-hidroponia; questão ambiental; alimentação e nutrição de vaca leiteira e sanidade anima com uso de ervas medicinais; e a sexta e última estação abordando o embelezamento de arredores e saneamento básico.

ALIMENTOS ORGÂNICOS

Também no dia 29, a partir das 13h30min, no auditório Iglenho Burtet, a 19ª FENAMILHO Internacional vai sediar o Seminário Regional de Produção de Alimentos Orgânicos, com apresentação de tecnologias, palestras técnicas, oficina de degustação de Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), entrega de certificados de conformidade orgânica para agricultores do Programa Sabor Missioneiro e depoimentos de agricultores e grupos de consumidores de produtos orgânicos.

DIA DO MILHO

Às 9 horas do dia 2 de maio, a FENAMILHO abre com o Dia de Campo na Expomilho. Às 10 horas, o auditório Iglenho Burtet sedia a reunião regional Missões da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (FETAG-RS).

Às 14 horas, acontecerá a 10ª edição do Festival Delícias do Milho, no auditório Iglenho Burtet, com a participação prevista de 44 municípios de abrangência da Emater Noroeste. Os pratos classificados nesta etapa regional serão reunidos em um livro de receitas. Os pratos doces e salgados apresentados pelas representantes das comunidades rurais da região serão avaliados conforme a valorização do milho como alimento, o incentivo a uma produção mais orgânica e a criatividade da receita.

DIA DO SUÍNO

O presidente da 19ª FENAMILHO Internacional, Bruno Hesse, defende que a Região Noroeste precisa ampliar a área de cultivo de milho para atender a demanda de consumo da suinocultura, com mercado garantido para as duas plantas industriais da Alibem Alimentos que, hoje, precisa importar o cereal de outros estados brasileiros e até mesmo de países sul-americanos. Hesse assinala que a FENAMILHO deve propor o debate e por isso, traz para a feira dois especialistas na área para tratar do assunto.

No dia 3 de maio, no auditório Iglenho Burtet, o consultor independente, Dr. Jurandi Machado, vai tratar do “Cenário e perspectivas para a suinocultura em 2019″; e o pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Dr. Nelson Morés, aborda a “Biosseguridade na suinocultura”.

Para o Dia do Suíno, também está agendada a participação de uma comitiva do Paraguai, liderada pelo governador de Itapúa, Luis Roberto Gneiting, e representantes da Cooperativa Colônias Unidas, de Obligado, para explanar sobre a cultura de milho naquele país.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao Topo ↑